Postado por
Dicas

A utilização de coroa única é uma das últimas pequenas revoluções no mundo do mountain bike! No início, reservado para os competidores, a coroa única é agora acessível a todos os ciclistas de MTB.

O que é a coroa única? É para todos? Por que mudar para coroa única? Nós te damos as chaves para fazer a melhor escolha de transmissão no momento da compra da sua MTB.

A coroa única realmente simplifica a transmissão da bicicleta MTB. Acabou a brincadeira com alavanca do câmbio e suas 2 ou 3 coroas sem parar!

 

  • Uma transmissão com coroa única inclui:

    Zoom na coroa única!

  • Uma pequena coroa de 28, 30, 34, 36 ou 38 dentes de acordo com seu uso e de acordo com a saída. A escolha da coroa menor dependerá principalmente do seu local de prática, das suas pernas, mas também e, especialmente, da catraca traseira. Além disso, a maioria das coroas únicas é agora antiqueda da corrente: não precisa se preocupar com uma barra guia na corrente.

 

  • Uma catraca de 10, 11 ou 12 velocidades que oferece um bom preparo das velocidades, sem sensação de “buraco” entre as engrenagens, contrariamente aos preconceitos.

As vantagens
1. Até 400 gramas de ganhos!
Efetivamente é perto disso que você ganha quando passa de uma coroa dupla ou tripla para coroa única! Você acha que vale a pena ou não?

O ganho no peso é facilmente explicado. Com uma única coroa, você diz adeus à alavanca do câmbio dianteiro, ao câmbio dianteiro que vai com cabo e mangueira, sem contar as duas coroas a menos!

2. Transmissão mais simples e confiável
Coroa única
Ok, o controle das marchas é virado de cabeça para baixo com uma única alavanca de câmbio. Mas tudo é uma questão de hábito! Com uma transmissão de única coroa a mudança de marchas é mais linear e muito mais simples.

É também uma transmissão mais confiável, uma vez que removemos o câmbio dianteiro, limitamos o risco de ruptura e quebra! Para ir mais longe, ela é ainda mais resistente à lama: há mais espaço para permitir sua retirada.

3. O mínimo no guidão
Passar para a coroa única no MTB vai mudar você! Durante as primeiras voltas, sempre temos a impressão de que falta algo. O guidão está limpo, há mais espaço. Mas não dizemos que “menos é mais”?

Isso deixa mais espaço para os outros elementos e o guidão da sua MTB deixa de parecer o cockpit de uma nave espacial!

As desvantagens
1. Menos velocidades e menos versatilidade
É óbvio, no final, você terá menos velocidades do que com uma coroa dupla ou tripla. O intervalo será reduzido e sua transmissão menos versátil. O importante em uma coroa de transmissão única é escolher a coroa de acordo com suas práticas e saídas.

Com ela, as saídas com uma grande diferença de altitude assim como as saídas em altitude revelam-se mais difíceis de controlar. Neste caso, a coroa dupla pode ser indispensável.

2. Um investimento real

Alterar a transmissão não é muito barato… Especialmente para usar algumas catracas de 11 engrenagens. Também é necessário mudar o corpo da roda livre, além da catraca e do câmbio.

Existem soluções intermediárias, para adaptar equipamentos sem gastar demais. No entanto, não espere o mesmo desempenho…

Essas soluções consistem em usar sua transmissão atual e modificar apenas os pedais. Você passa sobre uma coroa simples de largura estreita (antiqueda da corrente). Você também pode fazer uma mudança nas rodas dentadas da sua catraca.

A coroa única em MTB é para todos?

A coroa única é a usada para competição ou para a prática intensiva de MTB. Mas sua simplicidade e confiabilidade o tornam uma transmissão a ser considerada para a prática de lazer. Você talvez dê pedaladas curtas na descida, mas é suficiente para te fazer descer!

No final, a coroa de transmissão única é um passo adiante na prática do mountain bike, mas também uma mudança de hábito. Se a sua transmissão estiver desgastada, pode ser uma oportunidade para muda-lá!

Fonte:https://souesportista.decathlon.com.br/

 

CONHEÇA 3 MODALIDADES DE CICLISMO E SUAS DIFERENÇAS